Agenda 21 Para Leigos

Agenda 21 Para Leigos

Legendado do original em inglês em: https://odysee.com/@QuantumRhino:9/Agenda-21-For-Dummies:7

Nota do tradutor: Muito do que é discutido neste vídeo, já se tornou realidade, doutrinação das crianças para aceitarem a nova “sociedade”, intervenção do Estado na educação das crianças e as crianças agora respondem ao Estado, não sendo mais necessário a unidade familiar hierárquica. Limitação das liberdades do indivíduo, bem como a liberdade de uso na propriedade privada, fim da privacidade, tudo isso em prol do coletivo para limitar o uso de recursos e “salvar o planeta”. Alguma similaridade com a situação atual que estamos vivendo?

Assista em Odysee ou Bitchute.

Segue transcrito em português:

Agenda 21 – Documento com 40 capítulos para controlar o mundo.

O Desenvolvimento Sustentável tornou-se a expressão popularizada da Agenda 21. A Agenda 21 é a verdadeira declaração das Nações Unidas de 1992 sobre o meio ambiente e o desenvolvimento.

É a agenda para o século 21 em que você vive hoje, para um admirável mundo novo, onde tudo o que você valorizava e considerava verdadeiro, não existirá mais.

A Agenda 21 se define como o plano de ação abrangente a ser realizado globalmente, nacionalmente e localmente pelas organizações dos sistemas das Nações Unidas.

Também eleva a natureza acima do homem. E contém algo chamado princípio da precaução, onde basicamente você é culpado até que você prove ser inocente.

O desenvolvimento sustentável é a filosofia projetada para colocar os seres humanos de todo o mundo sob o controle total de uma estreita elite humana.

É um documento de 40 capítulos para basicamente controlar o mundo é baseado inteiramente em mecanismos de controle socialista.

Desenvolvedores sustentáveis projetaram um movimento global coordenado por meio de um plano de ação global para local para criar um governo mundial de acordo com determinados objetivos. Esses objetivos incluem o fim da soberania nacional, a abolição da propriedade privada, a reestruturação da unidade familiar e o aumento das limitações e restrições à mobilidade e oportunidades individuais.

O Objetivo Sustentável: Eliminar a Classe Média

O objetivo verde inclui a listagem do que não é sustentável. Alguns exemplos incluem a propriedade privada. Pagina 728, lista combustíveis fósseis. Campos de golfe em lodges de esqui não são. Consumismo. A irrigação não é sustentável. Ruas pavimentadas. Agricultura comercial. Herbicidas, pesticidas. Em outros lugares, ele lista terras agrícolas, pastagens, pastagem de gado. E a unidade familiar.

O foco do desenvolvimento sustentável é a abolição da propriedade privada, o enfraquecimento social da família e o abandono da proteção constitucional de direitos inalienáveis, conforme descrito na Declaração de Independência.

Veja, eu sentei nos comitês da Agenda 21 de Santa Cruz. Isso foi um monte de idéias malucas em meados dos anos 90, idéias malucas que eu ouvi. A superfície da Mãe Terra não deveria ser arranhada. Os seres humanos deveriam ser concentrados em zonas de assentamento humano. Educação, os sistemas educacionais deveriam se concentrar no meio ambiente como o princípio organizador central. Todos os aspectos da vida foram cobertos.

Educação para o Desenvolvimento Sustentável
Natureza, Escola e Democracia

Bem, eu fui a esses comitês com pedidos, e as pessoas me disseram que eu precisava entender o que estava acontecendo. E eu voltei e disse, isso é loucura. Isso é tão bobo. Não tem chance de ter qualquer efeito em nossa sociedade. Bem, eu estava errado.

O apoio do governo dos Estados Unidos à Agenda 21 de desenvolvimento sustentável é muito claro. Em 1992, enquanto a conferência real estava acontecendo, George Bush então presidente estava lá, onde ele executou os protocolos da Agenda 21 em nome dos Estados Unidos e trouxe de volta a Washington DC dentro de um ano, Bill Clinton assinou ordem executiva.

“São os princípios sagrados consagrados na Carta das Nações Unidas aos quais o povo americano, daqui em diante, jurará fidelidade.” – Presidente George Bush, dirigindo-se à ONU

Sem revisão do Congresso, estabeleceu o Conselho do Presidente para o Desenvolvimento Sustentável. Em Santa Cruz, temos uma rodovia de duas pistas. Precisamos de quatro. Mas o que estamos recebendo são centenas de milhões de dólares de dinheiro federal para pegar uma linha férrea em ruínas que a Southern Pacific quer colocar nas mãos de outra pessoa, para que a linha de passageiros possa ser construída ao longo da ferrovia.

Isso será seguido por prédios de 14 andares, onde as pessoas vão morar empilhadas e empacotadas em unidades onde os desenvolvedores chamados de desenvolvedores sustentáveis construirão esses arranha-céus com dólares federais. Na verdade, Santa Cruz recebeu uma doação federal de US$ 300 milhões para construir os primeiros 3.000 dessas comunidades de empilhados e empacotados.

O conselho de supervisores do condado disse que se você fosse um desenvolvedor sustentável, estaria imune a qualquer responsabilidade por defeito de construção. É uma parceria entre desenvolvedores selecionados construindo essa nova ordem mundial e o governo usando os dólares dos contribuintes americanos para fazê-lo.

Projeto Biodiversidade e Terras Selvagens EUA

Este é um mapa do Projeto Terras Selvagens, para explicar o mapa: o vermelho, são áreas que devem estar fora dos limites dos seres humanos. Nenhum recurso desenvolve, nenhuma atividade humana, se você mora lá, você não vai.

As áreas amarelas são as áreas de maior controle de toda a atividade humana. Se você mora lá, você não vai. As áreas pretas, os pontos pretos são as zonas de Crescimento Inteligente, que são para os seres humanos que devem ser empilhados e empacotados em pequenas unidades de moradia ao longo dos trilhos. O programa Crescimento Inteligente tem empregos atribuídos e crianças cuidadas pelo estado.

A pergunta foi feita muitas vezes como as pessoas que estão promovendo essas coisas esperam fazer isso e fazer isso durar? A resposta para isso é que você rouba uma geração de crianças e as doutrina para que aceitem essas ideias e se tornem cidadãos globais na próxima aldeia global.

O emburrecimento deliberado da América

A UNESCO declarou de 2005 a 2015, a década da educação para o desenvolvimento sustentável. Mas eles chegam a dizer que isso vai abranger os 40 capítulos da Agenda 21. Esse é o seu Currículo Nacional Federal.

Todo o propósito dos estudos sociais da segunda série é transferir a lealdade da família para o governo e ensiná-los sobre o consumo econômico sustentável. Os alunos constroem seus próprios entendimentos da realidade e percebem que a realidade objetiva não pode ser conhecida. Então por que se incomodar?

A verdade é a verdade, que mantém os homens livres, está sendo suprimido para sustentar a agenda de treinamento de atitude e ela segue em frente. Esta é a nossa nova matemática chamada Matemática Conectada (CMP). O Padrão Três nos diz que os alunos aprendem que a matemática é feita pelo homem, que é arbitrária e que boas soluções são alcançadas por consenso.

A maioria de nós assume que dois mais dois sempre será igual a quatro, você está errado, podemos chegar a um novo consenso. Quão bem ele funciona? Bem, eles dizem a você no guia do professor na parte de trás, nos diz isso porque o currículo não enfatiza cálculos aritméticos feitos à mão.

“Alguns alunos podem não se sair tão bem em testes que avaliam habilidades computacionais. Acreditamos que essa troca em favor do CMP é muito vantajosa para os alunos no mundo do trabalho.” Nossos filhos são analfabetos matematicamente de propósito.

Como eu sei que é de propósito? Por que isso não é apenas uma básica má ideia? Porque o plano de desenvolvimento sustentável nos diz que, geralmente, pessoas com maior escolaridade e renda mais alta consomem mais recursos do que pessoas com baixa escolaridade que tendem a ter renda mais baixa.

Nesse caso, mais educação aumenta a ameaça à sustentabilidade. Charlotte, devo-lhe um pedido de desculpas. Eu não acreditei por muito tempo que isto era um emburrecimento deliberado. Achei que o emburrecimento era uma consequência natural de uma má ideia. Gente, é deliberado, é deliberado.

O objetivo globalista sustentável é a orquestração de uma queda planejada dos princípios, valores e estilos de vida americanos. O efeito sobre o americano médio será devastador. Com a modernização da tecnologia, a pessoa comum viverá sem independência, privacidade ou direitos substantivos.

Outra coletiva de imprensa que participei foi o grupo ICLEI, o Comitê Internacional para Iniciativas Ambientais Locais que ajuda na implementação da Agenda 21 e todas as nossas comunidades locais. E um dos palestrantes foi Harvey Ruvin, que por acaso é o vice-presidente do ICLEI.

E perguntei a ele sobre os direitos correlatos que os americanos derivam da Constituição dos Estados Unidos e da Declaração de Direitos. E isso, claro, são suas liberdades individuais, sua propriedade privada, sua liberdade de expressão. Questionado sobre o conflito com a Agenda 21, você sabe qual foi a resposta dele? Os direitos individuais ficam em segundo plano em relação ao coletivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.